jump to navigation

Today I was with the monkey março 2, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes, mestrado.
trackback

Nossa, tem dias que eu tô com a macaca. Meio mal-humorada, de saco cheio de tudo, sem motivação. Ainda bem que esses dias são bem menos frequentes hoje em dia. Na época da Siemens eu praticamente andava de mãos dadas com a macaca. Aqui em Ohio ela tem me visitado cada vez com menos frequencia e eu tenho conseguido analisar o que me deixa assim de vez em quando.

No momento são fatores no campo emocional e acadêmico.
No campo emocional é maravilhoso ter uma pessoa lá do lado de baixo do Equador que você fala praticamente todos os dias e recebe carinho virtual. Em contrapartida isso tem me feito ficar mto com a cabeça no Brasil. Não é ciúme, mas eu fico com aquele pensamento “Aiii, queria estar lá curtindo todas ao lado dele”. Milhares de baladinhas eletrônicas, viagens, praia, cachoeira, choppinho… Esse ano eu tô vendo essa prova na minha frente como forma de exercitar minha paciência e foco e também baixar minha ansiedade. Encarando desta maneira, vejo que será um bom exercício pra mim já que sempre fui muito ansiosa. Às vezes minha cabeça fica láááááá longe. Será uma característica de aquariano? O fato é que sempre precisei aprender a me focar mais no presente, não pensar com tanta frequência no futuro. Espero que nesse ano eu consiga evoluir nesse aspecto.

No campo acadêmico eu percebi que tenho me sentido desconfortável e perdida. Agora entendo o porquê. No período passado fiz a aula de robótica em meio à um monte de artista (no departamento de arte e tecnologia). Nesse período estou fazendo uma aula no departamento de arte e outra no departamento de música. Foram legais sim, mas to sentindo uma falta danada de estar em meio à designers. É o que gosto de fazer, é o que escolhi como profissão. Não quero trabalhar com arte e nem música. É claro que essas disciplinas estão complementando meu conhecimento, mas sabe quando você se sente um peixe fora d’água? E soma-se à isso tudo a ausência do Brian, meu orientador e porto seguro. Sinto tanta falta de me encontrar com ele regularmente, conversar sobre meus estudos, receber um feedback. Desde que ele saiu para trabalhar na Nationwide ele tem andado tão ocupado e não tenho quase tido contato com ele. No trimestre passado não nos reunimos nenhuma vez. Nesse trimestre tentei encontrá-lo mais, mas ele está sempre ocupadíssimo. Só consegui me reunir com ele duas vezes em Janeiro. Nada em fevereiro… Semana que vem acho que vou fazer uma apresentação da minha tese para ele e os outros 2 orientadores. Mas preciso de mais tempo com ele. Preciso de mais direção. Quero sentir que estou caminhando com a minha tese…

Resumindo: solidão no campo amoroso e acadêmico.
No campo amoroso é algo que só depende de mim e da minha mente. No campo acadêmico dependo da disponibilidade do homem mais ocupado que conheço. Ai ai… esses homens me deixam doida…

Anúncios

Comentários»

1. Leonardo - março 2, 2007

Melzinha, relax, baby! 😉

Seguinte, considerando o tema da sua tese talvez você goste de dar uma conferida nisto aqui:

http://multi-touchscreen.com/perceptive-pixel-jeff-han.html

beijo,

2. Jo - março 2, 2007

E hoje vc eh grata por….
esqueceu dessa parte?

Eu complemento pra vc!

Hoje vc eh grata, por ter encontrado um cara TAO legal, que mesmo aqui na america do Sul, consegue fazer vc se sentir querida com tantos mimos que faz questão de demonstrar.

Nao esquece que hoje vc tb eh grata, por estar conseguindo realizar nao so o seu sonho, mas o de muitas pessoas. Estudando pela “gringolandia” e conhecendo pessoas incrivel, como o tal do orientador que mesmo ausente se faz presente!

🙂
Que amiga abusada vc tem hein?
BEIJOS!

3. designando - março 2, 2007

Oi Jo, hehehe.
O lance de agradecer “publicamente” foi so durante o mes de fevereiro. Mas eu concordo e assino embaixo o que vc escreveu. Continuo agradecendo diariamente, amiga. Todo dia que acordo e antes de dormir – no minimo…

Leo, mto legal esse link. Eu ja conhecia e tinha posto no blog da tese. Parece coisa de “Minority Report”

4. Leonardo - março 2, 2007

blog da tese??? cadê???

5. Claudia Beatriz - março 2, 2007

A cabeça lá longe é caracteristica de Aquariano sim.. 🙂

6. designando - março 2, 2007

Leo, já tinha postado o endereço aqui. Olha só: http://interactionthesis.wordpress.com/
(blogueira que é blogueira tem blog até pra tese ;))


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: