jump to navigation

A vida em cidade pequena março 14, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viver nos EUA.
trackback

Viver numa cidade pequena é tão diferente do que fui acostumada. Na cidade caótica e maravilhosa que é o Rio de Janeiro você praticamente não sai um dia na rua sem sentir um medinho que seja, se estressar, sentir calor, pegar trânsito, se atrasar e ficar nervoso com aquele cara lerdo que não sai da sua frente. Não tô falando que isso é bom, mas te prepara muito melhor pra enfrentar diversas situações na vida, com certeza. O povo brasileiro está habituado a ralar e passar perrengue para conseguir as coisas. E nem assim desiste. Tanta gente dando um duro danado e ganhando pouquíssimo. Nos Estados Unidos é tudo tão fácil. As pessoas têm tudo na mão. A maioria parece que nunca passou necessidade. E ainda assim o povo parece tão infeliz…

Aqui é tudo tão calmo e tranquilo que parece que tô vivendo numa vila daquelas da Disney com as ruas limpinhas, ônibus passando as 8:37 pontualmente e tudo acontecendo num raio de 4 milhas da minha casa. Não me locomovo mais de 10 minutos para chegar nos lugares. E na época que eu morava no campus então? Aí sim me sentia como se estivesse numa bolha. Aquilo que eu estava vivendo não era o mundo real. Isso aqui não é o mundo real… Imagino como seria colocar no Rio de Janeiro uma pessoa que nunca saiu de Columbus.

Eu gosto do caos da cidade grande. Da variedade de pessoas e situações. Por isso, deixa eu aproveitar meu tempo de cidade “calminha” antes de me jogar no mundo novamente…

Anúncios

Comentários»

1. Mercia - março 15, 2007

Melissa,
entendo completamente o que voce está passando… aqui em Trondheim tbm é uma calmaria só.. e olhe que pra a Noruega ela é considerada grande (a terceira maior cidade do país)… mas é bom principalmente se sentir segura!!!

beijos!

2. Leninha - março 15, 2007

Hahah, que engracado! eu também amo cidade grande, amo morar no meio da bagunca, onde tudo acontece!!! Bjos!!!

3. Jo - março 15, 2007

🙂 Por isso que quando fiz intercâmbio, fui pra Manhattan – NY…
acho que jamais aguentaria essa calmaria…
Alias, ACHO, nao… TENHO CERTEZA!!

Meus 4 meses morando em PIRACICABA no interior de SP foram um caos…

Tenho PANICO de cidade pequena…

Por isso que eu digo:

MEL,
vc eh uma guerreira!
hahahahahaha

Beijos!

4. MarcosVP - março 15, 2007

Além do Rio, eu já morei em duas cidades médias (Fortaleza e Brasília) e em uma pequena (Nova Friburgo-RJ). Minha preferida ainda é Fortaleza… 🙂

5. Camila - março 15, 2007

Eu fui criada em cidade do interior e detesto. Mas cidade pequena no Brasil e muito diferente de cidade pequena aqui ne? Eu ate quero me mudar pra uma cidade pequena, mas tem que ter uma grande pertinho!!

6. catitausa - março 15, 2007

Mel, hoje comprei o filme The Secret… vc falou tanto, a Claudia tb.. que resolvi comprar e assistir

7. Janaina - março 15, 2007

Oi Mel,
Bem vc sabe como é Princeton, ne? Calmo demais para meu gosto. E aqui onde eu moro nao passa onibus e nem tem calcada! Por isso, andar a pe nao é muito comum.
Eu tb sou muito urbana e sinto falta da correria de SP.
Eu nao sabia que Columbus é uma cidade pequena, achei que fosse maior.
Bjs

8. Patricia - março 16, 2007

Mel entendo bem essa calmaria das cidades pequenas daí… parece até filme! Meio maluco… também adoro uma cidade grande, adoro me misturar na multidão, ver as coisas acontecendo… sou uma verdadeira urbanoide como diria meu professor de geografia!
Um beijo

9. Ronisia - março 16, 2007

Mel, te entendo completamente, a cidade que eu moro é tão calma, que nem ônibus tem. Aqui sem carro não dá para sobreviver, e é uma cidade que tem apenas um farol. Mas acho que é bom aproveitar as coisas boas disso. Mas também sou como vc, adoro um movimento, dá até saudade do stress que a cidade oferece…
bjs.

10. gabriel suko - março 23, 2007

mto booooooooom…
avida da maioria das pessoas é assim e nunca vão conseguir sair dessa babilônia…

11. ; giih - - abril 8, 2007


putx; prefiiro fica aque, na mh ciidade minuscula, onde não tem viiolencia e nein algo do tipo ;D

12. laura - março 3, 2008

mto legauu

13. Ci - setembro 9, 2008

OI Mel, olha só, pelo menos vc tem esperança de que vai cair no mundo de novo, além do mais morar fora, mesmo que numa cidade pequena,leh rende algum status no curriculum, agora eu, nao sei o que faço, tava apaixonada (ainda to) me casei e vim morar numa cidadezinha no Sul do Brasil, meu marido adora isso aqui, eu detesto.
O onibus passa dia sim, dia nao, é um absurdo de caro, nao consigo fazer amizades, o povo aki é sem noção, intrometido e fofoqueiro.
Nao tem nada pra fazer final de semana.

Ah que saudades de Santos/SP meu DEus!!!

14. thais - fevereiro 12, 2009

Bem eu sou do interior do PR á 9 anos…
anntes de vim morar aki no interior eu morava em Campinas SP,um lugar muito agitado,com muitos abitantes,eu me lembro de pouk coisa do convivio de la….mais nao me esqço dos apuros que eu minha familia passavamos.
eu morava´perto de uma fevela,ouvir os tiros era constantes,ladroes no fundo de casa,pra gente era o fim da pikada….mas graças a deus tudo akabava bem!!!
Aki é tudo muito kieto,pouks pessoas,e poukos estresses.
Eu nao gosto daki,pelo fato de ter poucas oportunidades de um bom emprego.Em campinas tudo e muito diferente,adoro a agitaçao de lá,amooooooooo
Mais um dia voltarei,e farei da minha vida um grande espetacúlo,onde aki no interior le va muito tempo pra conseguir!!!!bjosss a todos amo coisas diferentes!!!

15. Jacqueline Salgado - junho 10, 2009

VIVA O INTERIOR!
Não suporto o Rio de Janeiro (onde vivi) e não aguento mais BH (onde vivo)
“A grandeza de uma cidade se mede pela baixa densidade demográfica” frase do Renato Machado jornalista do Bom Dia Brasil e cosmopolita por natureza,pasmem!! As coisas estão se invertendo amiga, grandes cidades já não são atraentes há muito tempo,exceto Buenos Aires, que é um caso à parte…magnânima e delicadamente acolhedora!

16. iz - julho 14, 2009

oi pessoal,
Que coisa, fui criada numa cidade pequena, passei 12 anos numa cidade grande, e hoje me encontro a Verdun na França, tudo calmo como eu gosto mais as pessoas aqui sao fechadas e o povo brasileiro nesse aspecto eu sinto muita falta, praia, sombra e agua fresca…. Beijos
iz

17. Paulo - outubro 22, 2009

Rio de Janeiro ???? que isto, ninguem merece, tô fora… morei em São Paulo e me acostumei com aquela loucura, vivia estressado, irritado e achava que era normal, hoje moro em PIRACICABA e não troca esta cidade por nada. Disseram ai que PIRACICABA é pequena????, Brasilia e fortaleza são cidades médias ???? sugiro que estas pessoas se informem melhor.

18. Edenir - novembro 25, 2010

Pô, tem gente Masuquista. Gostam de ficarem parados no trânsito pra chegarem a lugar nenhum, dormirem com a barrulheira das avenidas, visinhos, fábricas e aeroportos. Gostam de beber esgoto refinado – a aguá nas metrópoles não é mais do que a agua que vc dá a descarga e depois e refinada. Gostam de uma paisagem cinzenta dos prédios mal cuidados. Gostam de tropeçarem em mendigos nas esquinas e proças. Gostam da prisão que são as cidades grandes.
Nada melhor como uma cidadezinha do interior, com paz, tranquilidade, natureza e liberdade.

19. João C. de Mattos - novembro 7, 2013

Louca! Só pode ser uma louca!
O Rio de Janeiro não é lugar de se viver, pelo menos hoje não! Nasci na zona sul, moro na zona sul, tenho toda a gama cultural da minha região, sem dúvida nenhuma é belíssima, mas está cada vez mais detestável de se viver. São muitos os aspectos a serem pontuados, não cabem aqui.
Concordo com a Jacqueline Salgado sobre como se mede uma “grande cidade”, e com Paulo e o Edenir.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: