jump to navigation

Emprego novoooo! maio 25, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado, profissao.
trackback

(atenção: post enorme a caminho! Senta que lá vem história)

Eu ia escrever aqui pedindo para cruzarem os dedos pois havia uma remota possibilidade de eu conseguir um novo GA (Graduate Associateship) – trabalho meio-expediente na faculdade que paga pelos meus estudos e me dá um salário. Nos primeiros 2 anos de mestrado eu trabalhei na revista Que Pasa, OSU. O primeiro ano lá foi terrível. Me estressei horrores, fui abusada pelo meu chefe que não tinha noção de que eu tinha uma vida além daquele trabalho. Fiquei extremamente estressada, senti raiva, trabalhei além do que deveria… Todas aquelas coisas ruins que a gente tenta evitar na vida. Eu tentei conseguir um GA novo para meu 2o ano de mestrado. Cheguei a fazer entrevista na Digital Union para trabalhar fazendo pesquisa sobre tecnologias emergentes. Parecia o job perfeito. Mas não me escolheram. Então eu tive que encarar a revista por mais 1 ano. Como eu não tinha como evitar essa situação, resolvi mudar minha atitude. E consegui! Meu 2o ano na revista foi totalmente diferente do primeiro. Aprendi à dizer não, à impor meus limites, à me valorizar e fazer com que me valorizem e não trabalhar além do horário. Meu chefe passou a me amar e me respeitar muito mais. Ele continuou enchendo o saco dos outros, mas comigo o negócio era diferente. Ficar na revista esse 2o ano acabou sendo essencial pra mim pois eu tive que aprender a lidar com fraquezas que vinham me acompanhando há tempos. Consegui reverter a situação. Agora sou respeitada, meu trabalho apreciado. Eu aprendi.

Depois que consegui reverter a situação, o trabalho ficou bem monótono. Resolvi que não ia mais usar meu intelecto naquele lugar pois valia muito mais a pena guardar minha massa cinzenta para o mestrado. O trabalho na revista nunca me estimulou intelectualmente. Ainda mais agora que estou entrando nessa área de arte e tecnologia, instalações interativas e afins. Eu estava trabalhando na revista com muita facilidade, sem grandes empolgações, só pq precisava disso para pagar meu mestrado e minha vida aqui. Como estava difícil encontrar outra coisa e eu tinha conseguido me impor na revista, estava pensando em ficar assim até me formar. Pois o trabalho não estava mais estressante e eu estava tendo como me dedicar só ao mestrado. Mas é claro que adoraria trabalhar com algo mais na minha área. Mas onde?

Acabou que a montanha veio a Maomé. Eu não estava procurando nada até que o professor da minha aula me mandou um e-mail na 6a passada falando da remota possibilidade de trabalhar num projeto usando a tecnologia da reacTable. Eu já tinha visto esse projeto antes e babado um bocado nele. Respondi que estaria interessada mas achei que não daria em nada pois o professor mesmo disse que estava só especulando. Essa semana ele me enviou um outro e-mail perguntando se eu estaria disponível para o próximo ano acadêmico e possivelmente o verão. Respondi que sim e comecei a pensar que seria muito legal se rolasse de trabalhar num projeto desses. Algo inovador, bem na minha área de interesse. Essa é uma área difícil de entrar então seria muito bom poder trabalhar com isso enquanto ainda estou na faculdade. Assim eu já iria adquirindo experiência e fazendo contatos. “Um trampolim para meu futuro profissional”, eu pensei.

Enfim… hoje depois da aula o professor veio dizer que a diretora do ACCAD estava querendo falar comigo sobre essa possibilidade de trabalho. E antes mesmo de eu sair ela já veio falar comigo. Acabou que ela veio falar de outra possibilidade. Ela disse que viu meu site e meu blog da tese e achou que minha área de interesse tem tudo a ver com esse outro projeto — que já está certo de rolar pelo próximo ano acadêmico todo.

Esse projeto novo é para trabalhar com uma cia de dança da Alemanha. Segundo a diretora do ACCAD, o coreógrafo desse grupo é um dos melhores do mundo e o projeto terá muita visibilidade. Tudo isso irá culminar numa instalação no Wexner Center dentro de um ano. Os designers envolvidos no projeto já fizeram várias visualizações gráficas da performance. Agora eles querem que a performance seja interativa então estão me convidando para fazer parte da equipe de criação para ver como poderemos adicionar interatividade real-time da platéia com a dança. E está tudo em aberto. Segundo a diretora do ACCAD, eu serei a criativa responsável por definir essa parte.

Depois ela ainda me pergunta: “Você está interessada? Quer um tempo pra pensar?”
Pensar? hahahah! Claro que aceitei na hora! Trabalhar nessa área nova, colocar um puta projeto desse no meu CV, ter visibilidade, colaborar com designers, dançarinos, coreógrafos, cientistas, arquitetos e até geógrafos. Equipe ultra multidisciplinar.

Ela ficou de me mandar a offer letter, o que deve acontecer nas próximas semanas. Até lá não vou falar nada pro meu chefe atual. Mas assim que a carta chegar eu já vou sentar com ele pra ter essa conversa. E bye bye!

Nem preciso dizer que estou super feliz com essa possibilidade! Portas e janelas se abrindo! E vou mandar mto bem nesse projeto. Vou mostrar pra essa galerinha o que é que a carioca tem!

Hoje ainda me reuni com um dos meus orientadores de mestrado. Ele está escrevendo um livro e vai citar a amebeats lá. Ainda disse que quer botar a amebeats numa exposição ainda antes de eu viajar. Vamo que vamo!

Hj o dia foi tão cheio que tô até com dor de cabeça. Mas foi uma das melhores dores de cabeça que já senti. 😉

Anúncios

Comentários»

1. marilia - maio 25, 2007

parabenx

2. re - maio 25, 2007

uhuuuuuu!

3. Ana Beatriz - maio 25, 2007

Parabens Mel!
Ai está seu trabalho e esforço sendo reconhecidos mais uma vez! Entre de cabeça no projeto e use toda a sua criatividade!:-)
Way to go!

Beijos e boa sorte!!!Os dedos estão cruzados!!

4. Anathalia - maio 25, 2007

Puxa Melissa, que legal! Parabéns!

5. Leonardo - maio 26, 2007

Yeah!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Uhhuhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Yiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiihhhaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!

6. Claudia Beatriz - maio 27, 2007

Parabens Mellll!!!! Muito legal saber que todo o seu esfor’co esta sendo reconhecido. Vc vai mandar muito bem, tenho certeza!

7. LaLontra - maio 28, 2007

Mel, que *maravilhas* de notícias! Fico muito feliz por você.

Toda vez que vejo você conseguindo chegar mais perto dos seus objetivos, é como se uma onda de ar fresco batesse no rosto, sabia? É muito bom pelo lado de ser uma pessoa que gosta e torce por você e é melhor ainda pelo lado de se manter a esperança na humanidade. Afinal de contas, as pessoas do Bem precisam estar no topo – que Darth Vader já tem de monte. ;-D

8. Adriana ( de Fortaleza) - maio 28, 2007

Mel, puxa q maravilha!!! Parabéns!! Novos horizontes se abrem!!
Estou superfeliz por vc!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: