jump to navigation

Amanha ‘e dia de fullmoon! julho 27, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
4 comments

Amanha ‘e dia de lua cheia em duplo sentido! Vamos sair de Praga cedo para Berlim e de la para o festival Fullmoon! Vao ser 6 dias de festival, um dos mais tradicional da Europa. O susto do assalto em Praga ja passou. Ainda bem que estava com o Leo que pode me emprestar dinheiro e meu pai esta transferindo pra sua conta.

Estou muito animada em ir para esse festival. Vai mudar um pouco o ritmo da viagem. Agora estou num ritmo turista e vou ter uma semana pela frente para operar em outra vibracao. Uhu!

Acho que agora so atualizo quando voltar do fullmoon.

E os proximos passos da viagem sao surpresa… 😉

Hovno stát se (aka Shit happens) julho 25, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
8 comments

Pois ‘e, galera. Tive que passar por mais uma prova na minha peregrinacao para ser uma pessoa cada vez mais zen. Fui assaltada ainda agora aqui em Praga. Fui para a area turistica e alguem tirou a carteira da minha bolsa sem eu nem ver. Na hora eu respirei fundo umas 500 vezes. Nao posso agora deixar isso me estressar. Ainda bem q todos os meus documentos importantes e pasasgens estavam guardados no albergue. Voltei logo e cancelei os 2 cartoes. Perdi uma graninha tcheca. Foi tb minha carteira de estudante, mas eu tenho copia. So preciso achar um lugar pra imprimir. Agora vamos tentar enviar o credicard pra Munique e eu pego no dia 2/ago. Tenho 300 dolares em especie e 500 dolares em travellers. Eu tava achando demais essas precaucoes todas mas resolvi seguir o conselho do meu pai. E olha eu ai vendo q ser previnido nunca ‘e demais. Eu dei mole de nao estar andando com tudo no porta-dolar mas agora nao vou ficar pensando nisso. O fullmoon (proxima semana) ja esta pago e tambem a passagem para Munique depois disso.

Eu nao vou deixar isso atrapalhar minha viagem!

Ainda bem que nao levaram minhas cameras. Imagina perder todas as fotos?
Pensamento positivo, galera. Que nenhum mau espirito cruze meu caminho de agora em diante. E que a lei do Karma faca seu papel com o taxista e o ladrao de hoje.

Haló, Praha! julho 25, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
1 comment so far

Cheguei em Praga anteontem e encontrei com meu amigo Leo vindo diretamente de Brasilia. Ai vao minhas impressoes:

  • O centro da cidade ‘e espetacular. A vista do rio com pontes e o castelo ao fundo e’ de cair o queixo. O fato de a cidade ser bem mais velha que o Brasil tambem impressiona. Aqui tem um pub que foi fundado em 1499. Enquanto no Brasil so tinha indio, a galera aqui ja bebia uma breja.
  • O resto da cidade e’ meio trash. Uma sensacao de um lugar recem-saido do comunismo que entrou num capitalismo de 3o mundo.
  • Eu sinto os resquicios do comunismo tambem na maneira como as pessoas me tratam. Ninguem faz questao nenhuma de ser solicito ou simpatico. Sempre te atendendo com aquela cara de “eu odeio meu trabalho” ou “eu odeio turistas”.
  • Ler nomes de ruas e placas em tcheco e’, no minimo, divertido. Pela primeira vez eu vi um acento circunflexo invertido em cima de letras como S ou Z, sequencias de consoantes sem uma vogalzinha pra contar historia e uma bolinha em cima do U. Meu vocabulario tcheco se resume a “oi” e so’.
  • Tive meu momento gringa aqui ao ser “roubada” por um taxista que, num dia de chuva torrencial, me cobrou 330kc (uns 30 reais) para poucos km de corrida. Assim que a gente percebeu que estava sendo enganado, pulamos fora. Me senti a propria gringa branquela levando uma rasteira de um taxista esperto no Rio de Janeiro. C’est la vie!
  • A cidade esta entupida de turista. No centro ouve-se todo tipo de idioma — menos o Tcheco.
  • O albergue e’ bem tosquinho. Tudo bem velho e a beliche ‘e literalmente uma cama em cima da outra. So’ tem um pino em cada canto para conectar as camas.
  • O bar do albergue e’ bem interessante. Nao existe uma mesa ou cadeira igual a outra e e’ tudo muito antigo. Uma das decoracoes e’ uma maquina de escrever antiga. As paredes sao rosa. A musica e’ espetacular mas o cara do bar nunca sabe dizer o que esta tocando. Vai entender…
  • Pasmem! Aqui cerveja ‘e mais barata que coca-cola. E no cardapio eles colocam o preco para 200ml de coca mas te trazem um copo de 400ml e cobram o dobro do preco. Achei que era armacao do restaurante que fomos mas percebi que todos fazem isso. A bebida e’ normalmente 1/3 do preco do prato. A comida ‘e maravilhosa. Acho que vale a pena passar sede aqui ou entao tomar so cerveja.
  • Muita gente aqui na Europa usa a havaiana com bandeirinha brasileira. E’ o chinelo mais popular e ja ouvi dizer que na Inglaterra custa 25 pounds. Acho que ano que vem eu venho pra ca para montar um camelo de havaianas.

Hallo, Berlin! julho 21, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
7 comments
  • A cidade e’ um canteiro de obras. Pra onde se olha tem andaimes, tapumes e construcoes.
  • Nunca vi tanto grafitti e pixacoes em um so lugar. Acho que nao existe parede em branco nessa cidade. Esse estilo underground eh bem como eu imaginava Berlim.
  • Achei a cidade feia e suja. O metro e’ bem mais sujo que o de Londres. Sera q isso faz parte do estilo underground de ser?
  • O metro, onibus e trem sao bem organzados e integrados. No ponto tem paineis digitais que dizem qual o proximo e em quanto tempo chega.
  • Berliners sao bem frios. Diferente dos holandeses que parecem bem mais humildes e calorosos.
  • Como era de se esperar, eu tiro meu chapeu pra night eletronica de Berlim. Aqui e’ um dos principais lugares pra musica eletronica e nao deixou a desejar. Ontem fui ao Panorama Bar. Para fazer jus ao estilo da cidade, o lugar fica numa area que parece que esta em obras, num canto escondido, pixado, com grades e cartazes pra todo lado. La dentro o lugar e’ super underground (como era de se esperar). Muito calor e cheiro de cigarro. Pessoas bem diferentes e ambiente escuro. A mesa do DJ fica suspensa por correntes de ferro enormes. Atras dele a parede e’ feita de ladrilhos brancos. Parece banheiro de estadio de futebol. Atras do bar um quadro enorme mostra (em close) uma mulher de perna aberta (sem calcinha, como non). O lugar comeca a encher la pras 2 da manha e disseram que vai ate as 2 da tarde. A musica estava espetacular! Valeu o calor e o cheiro de cigarro. Valeu tanto que hoje a noite vou la de novo. Ouvi dizer que sabado e´ainda melhor que 6a.
  • O albergue que estou (The Circus) e’ maravilhoso. Decoracao linda, musica moderna e funcionarios mto simpaticos. Eles tem um bar/restaurante que serve um buffet de cafe da manha muito delicia por 5 euros. Embaixo do albergue ainda rola um pub que tem programacao diferente a cada noite. E’ muito bom mas eu nao troco a noite de Berlim por isso nao, obrigada! 😉

Amanha: Berlim! julho 17, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
4 comments

Hoje foi meu ultimo dia em Amsterdam. Fui no museu de ciencia Nemo. Eu e as criancas.  Apesar de ser a unica adulta que estava sem filhos la eu me diverti demais. O museu e’ incrivel e o slogan ‘e “Aqui nao ‘e permitido nao tocar”. Tudo ‘e interativo. Nada de museu convencional. E’ totalmente participatorio.  Uma maneira muito educacional de levar os filhos pra brincar. Muito melhor que video game ou televisao. Eu tambem aprendi demais la alem de ter ficado impressionada com a qualidade das instalacoes. E’ bem o tipo de trabalho que eu gostaria de fazer no futuro.

Saindo de la descobri uma feirinha em Amsterdam e finalmente comprei uma cartucheira. Agora ela vai me acompanhar pelo resto da viagem e nos festivais. No final do dia encontrei com a minha prima em Leiden. Ela me mostrou a cidade e jantamos num restaurante japones maravilhoso. Fui muito bem tratada por ela aqui.

Amanha ‘e dia de Berlim onde eu fico no famoso hostel Circus por 5 noites. La eu vou querer sair pra dancar na 6a e no sabado. Acabei nao conhecendo a night de Amsterdam e nao vou querer perder a de Berlim. Aquecimento para o fullmoon no final do mes! Uhu!

I amsterdam julho 16, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
9 comments

Estou apaixonada por essa cidade! O lugar ‘e lindo lindo lindo! Varios canais cortando a cidade, casas e pontes lindas. Flores pra todo lado. Bicicletas. Tudo tao lindo e tao relax. Essa cidade ‘e fotogenica demais. Tem algo especial sobre ela. Muito mais charmosa do que as outras que visitei ate agora. As pessoas parecem ser muito relax. Nao tem aquele sentimento de cidade grande e estressante. O povo aqui parece que sabe como curtir bem a vida.

Aqui todo mundo anda de bicicleta e tem bike estacionada pra todo lado. Tem tambem ciclovia em toda a cidade e tambem conectando cidades proximas. Se eu quiser posso ir de Leiden (onde mora minha prima) pra Amsterdam de bicicleta (32km).

A cidade respira cultura e design. Varios museus maravilhosos e muita atividade cultural acontecendo sempre. Fora a liberdade de expressao que aqui e’ respeitada. Ou como dizem: tolerada.

Amanha ‘e meu ultimo dia por aqui. Vou pra Amsterdam pela manha ver o museu Nemo de ciencia e dar um ultimo passeio pela cidade. A tarde volto para passear por Leiden com minha prima e na 4a feira estou indo para Berlim!!! 😀

Bonjour Bruxelles! julho 12, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
6 comments

Passei 1 dia e meio em Bruxelas (mais do que suficiente). Ai vao minhas impressoes:

  • O clima ‘e parecido com Londres. Temperatura media de 15 graus. Ate agora nao peguei verao nenhum…
  • Ate que meus frances nao esta tao ruim. Todo mundo me entende e eu entendo quase tudo. Conversei por 20min em frances com um cara de uma loja ontem.
  • A cidade tem umas areas horriveis, sujas e cheias de pixacoes. A parte mais bonita e’ o centro, onde nao passa carro, mas todo mundo la parece ser turista. Ainda nao descobri onde os Belgas vao.
  • O principal atrativo aqui e’ comer. Tem restaurante em todo canto, principalmente nas areas turisticas. Destaque para mexilhoes, batata frita, chocolates e cerveja.
  • Chocolates sao carissimos nas chocolaterias. Vale a pena comprar Pralines tao bons quanto em supermercado e economizar uns bons euros.
  • O metro so tem 2 linhas e nao tem catraca pra entrar. Eles confiam que cada um vai comprar seu ticket e validar dentro do metro. Nao vi ninguem controlando e poucas pessoas validando o ticket.
  • O metro nem e’ tao util assim ja que da pra fazer tudo a pe. Em 1 dia da pra ver tudo.
  • Jantei no Le Canardiere, um restaurantezinho micro numa ruazinha longe do centro. Foi recomendado pelo Lonely Planet como uma das melhores opcoes off-track de Bruxelas. O local serve so massa e tem apenas 5 itens no cardapio. Eu pedi massa ao pesto e, e’ claro, uma cerveja. A cerva daqui e’ boa mesmo. Desce redondo, como dizem os caras da Skol. A propria dona do restaurante te recebe o tras o prato. Meu spagetti ao pesto estava excelente. Foi com certeza o melhor que ja comi. Isso ta sendo outra coisa nova pra mim: sentar sozinha pra jantar num restaurante. Eu ando tao zen que nao me importo nem um pouco. Aqui, diferente dos Estados Unidos, ninguem tem pressa pra te trazer a conta e o cafezinho ‘e uma delicia!

Minhas impressoes sobre Londres julho 12, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
3 comments
  • Essa cidade nao para! Tem sempre alguma coisa acontecendo para todo tipo de gosto. E para eu que gosto de musica eletronica, esse ‘e um dos principais lugares. Participar de um festival na Inglaterra foi uma experiencia unica. Fiz amigos da Europa inteira.
  • O transporte publico e’ impecavel. O mesmo cartao serve para onibus e metro. Voce so precisa colocar dinheiro no cartao e escanear na entrada. O tube (metro) e’ conectado com trens que vao para outras cidades e paises. Isso torna muito facil viajar por aqui. Fora as tarifas aereas dentro da europa que sao baratissimas. No tube voce ainda pode saber que trem esta vindo e em quantos minutos vai chegar. Pontualidade Inglesa!
  • Reparei que existe uma “reciclagem” de jornais no metro. As pessoas pegam os jornais de graca na rua, leem durante a viagem e largam no metro. Depois uma outra pessoa pega, le durante a viagem e larga la pro proximo passageiro. Eu resolvi fazer o teste — e nao e’ que deu certo?
  • Os Londrinos estao sempre chiques e bem vestidos. 99% anda de preto e sempre com um guarda-chuva na mao. No geral achei o pessoal bem fechado. Sempre serios e nunca olham na cara de ninguem. Conversei com um Ingles no Eurostar que tinha dreads ate a cintura e ele me disse que os Londrinos sao vistos como muito fechados e capitalistas pelo resto da Europa.
  • Em Londres a comida e’ muito boa e tem toda variedade possivel. So come fish and chips quem quiser.
  • Eu adoro o sotaque ingles. Passei uma tarde no Hyde Park conversando com um velhinho, so reparando…
  • E’ muito dificil achar uma lata de lixo em Londres. Adivinhem o motivo? Isso mesmo: terrorismo…
  • Mais sobre terrorismo: um dia eu estava no metro de Londres e todos tiveram que sair imediatamente da estacao e procurar outra. Encontraram uma bolsa abandonada e tinha suspeita de ser bomba. Ai ai… Fora isso da pra ser mto feliz por la!

De Londres! julho 9, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
6 comments

Olha eu aqui em Londres! Essa vida de nao ter internet em casa ta me deixando por fora do blog mas acho que nas minhas proximas paradas terei mais acesso. Estou aqui num cybercafe e finalmente com alguns minutinhos para escrever um post.

To amando Londres! Fora o clima (choveu bastante) a cidade e’ o maximo! Tem opcao para todos os gostos, o tempo todo. Os Londrinos sao chiquerrimos e aquele sotaque os deixa mais chiques ainda. Passei a primeira semana passeando pela cidade. Conheci tudo que queria. Me senti muito bem em poder ir para onde quiser somente com um passe de metro. Que facilidade! Estou hospedada na casa de uma amiga que fica meio longe do Centro, mas isso nao foi problema. Passeei demais essa semana que passou. Esse fim de semana fui a um festival numa cidade proxima. Conheci 5 pessoas no orkut e formamos um grupo para irmos juntos. Foi muito legal e muito diferente! Filmei bastante, tirei muitas fotos. Fiz amigo marroquino, portugues, ingles, mexicano… e, e’ claro, brasileiro. Tinha muito brasileiro por la. Bandeira do Brasil no palco e tudo.

Hoje ‘e meu ultimo dia em Londres. Amanha eu pego o famoso Eurostar que passa pelo English Channel e me deixa em Bruxelas em 2h30. Fico 2 noites em Bruxelas, 1 noite em Brugges e de la vou pra Amsterdam. Ebaaaa! Mais noticias em breve.

Ja to me acostumando com essa vida de viajante…

Na 1a classe para Londres! julho 1, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
14 comments

Segue abaixo o primeiro diario de bordo que escrevi ontem (30/6) de dentro do aviao para Londres depois de um dia de atraso da viagem. Depois eu escrevo mais sobre a chegada em Londres e as primeiras impressoes.

As recompensas sempre vem para quem tem paciencia. Ontem meu voo foi cancelado. Perdi um dia de Londres alem da mega festa com Sasha e cia. Resolvi aceitar a situacao como parte da vida. A Delta me deu um voucher para jantar, cafe da manha e taxi pra casa. E o melhor: me botou na 1a classe no voo de Atlanta para Londres! Pela primeira vez na vida estou voando de classe executiva. Indo pra Londres no maior estilo!

Quem diria que eu iria comecar uma viagem do tipo mochileira-com-restricoes-orcamentarias voando de 1a classe? Aqui cada assento tem milhares de controles para mudar a posicao alem de muito espaco para dormir e televisao individual com varias opcoes de filmes e musicas. Ganhei tambem uma necessaire aveludada cheia de coisinhas.

O voo comecou e o comandante com sotaque frances (so pra tornar a historia ainda mais chique) veio me perguntar “Ms. Quintanilha, o que gostaria de beber?”. “Nada de apple juice dessa vez,” eu pensei. Perguntei quais eram as opcoes e ele me disse que poderia escolher o que quisesse. Pedi para ele me recomendar um vinho tinto e seco. Ele me trouxe 2 garrafas: um vinho argentino e outro frances. Escolhi o frances para combinar com o sotaque dele. Ele me serviu um pouquinho. Eu dei aquela cheirada basica e experimentei como quem entende das coisas. “Oui! Aprovado.” Ele ainda me serviu os melhores mixed nuts que ja comi que vieram quentes. Em seguida passou uma moca com uns paninhos quentes para eu limpar minhas maos de gente chique.

Eu to aqui agora com um sorriso no rosto aproveitando minhas 7 horas de fama, taca de vinho frances na mao e tendo como vista um mar de nuvens do continente americano.

Comecou a ser servido o jantar. Abri minha mesinha e meu amigo, o frances, colocou uma toalhinha e me trouxe os talheres, mini recipientes com sal e pimenta, uma manteiguinha em formato de flor e me pediu para escolher um dentre uma variedade de paes quentinhos. Ele tambem lembrava que vinho eu estava tomando e sempre passava para me dar um refil.

Chegou o aperitivo: alcachofra e pimentao grelhados, mussarela de bufala, tomate seco e azeitona kalamata. E em seguida veio uma sopa de butternut squash com abobora, pera e gengibre. Tudo uma delicia. Para o prato principal eu escolhi o prato da, segundo eles, chef celebridade Michelle Bernstein (entao ta, ne?): peito de frango no vinho tinto com tomates, azeitonas e capers apresentado com pure de batata yukon gold (o que sera isso?) e petit-pois. Depois disso tudo ainda veio um prato de queijos (brie, suico e cheddar) com uvas. De sobremesa: sundae de baunilha com caramelo.

A noite foi possivel realmente deitar na cadeira do aviao. Dormi vendo Piratas do Caribe — um dos filmes disponiveis na minha TV particular. E nada de acordar desconfortavel ou com torcicolo. 

Como foi bom ser rica por um dia!