jump to navigation

VIP no Musee d’Orsay agosto 28, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
trackback

Hoje minha programacao era ir ao Musee d’Orsay. Sai do albergue, peguei o metro, e depois de 3 conexoes desci na estacao Musee d’Orsay as 11:30. Assim que sai do metro me deparei com uma fila quilometrica que dava varias voltas ate entrar no museu. Acho que eu e a toda a torcida do Flamengo resolvemos visitar o Orsay no mesmo dia. Na hora eu ja decidi que nao ia ficar naquela fila. Comecei a pensar em planos alternativos pro dia de hoje e resolvi perguntar pro seguranca que ficava na entrada lateral se tinha como comprar ingresso para amanha ou depois. O seguranca me disse que tinha como comprar antecipado e perguntou se eu gostaria de visitar o museu hoje. Eu disse que sim, mas que a fila estava grande demais e eu nao queria esperar (o dialogo todo em frances). Ele perguntou se eu estava sozinha e eu disse que sim. Nisso o cara simplesmente aponta pra porta lateral e me diz “S’il vous plait”. Uh la la! Merci beaucoup!!! E eu entrei no Orsay assim, sem fila nenhuma. Ainda paguei tarifa redizida so por ter cara de mais nova.

Todo mundo fala da fama de mal-educado dos franceses (principalmente Parisienses), mas aqui em Paris eu to tendo a experiencia totalmente oposta. Estou sendo muito bem tratada por todos que encontro. As pessoas sorriem, sao simpaticas, conversam, fazem piadinhas. No metro, sem eu pedir, algumas vezes ja vieram me perguntar se eu precisava de ajuda. Agora eu me pergunto: Sera que isso tudo e’ so porque eu falo frances com direito s’il vous plait, merci, monsieur e madame? Sera que se eu chegasse falando ingles tudo seria diferente? Vai saber…

Engracado e’ que na Italia aconteceu algo similar. Eu era muito bem tratada por todos. Tive uma otima experiencia com os italianos. Depois, conversando com outros viajantes, conheci muita gente que nao foi bem tratada na Italia. Ja me disseram que comigo era diferente pois tenho cara de italiana e arranhava um pouco no idioma deles.

A conclusao que eu chego e’ que e’ preciso ser humilde para viajar. Tentar falar o idioma, respeitar os habitantes e a cultura local. Acho que e’ isso.

Anúncios

Comentários»

1. anônimo - agosto 29, 2007

Isso ajuda, mas NAO é so isso, nao !

Viajar, como turista, andar somente, nos pontos turisticos, ali todo mundo é tratado, bem! ; ) e passar alguns e poucos dias é uma coisa! VIVER no Pais É TUDO OUTRA COISA!

O fato de voce, arranhar um pouco à lingua local e falar bem inglês, apenas confunde as pessoas, que podem pensar, que voce é uma turista europea ou americana!

Somente experimentando morar, mas te garanto, que o fato de ser branquinha, nao muda NADA!

Ser turista é uma coisa, IMIGRANTE é outra coisa!

Deixo, uma pergunta:
porque o europeu ou o americano, quando vao visitar o Brasil, mesmo nao sabendo e nem arranhando o português, eles sao tratados bem?!

E nem precisam ser humilde, normalmente sao arrogantes!!!!! E a maioria nao nos respeita “entram vazios e saem vazios, sem saber NADA da nossa cultura!”

2. Renata - agosto 29, 2007

Só vc mesmo amiga! Perfect.
Só é respeitado quem se dá o respeito!
Good vibes friend.

kiss

Anônimoooo mostra a cara…hehehehehehe

3. catita - agosto 31, 2007

eu tb fui e paguei mais barato por me acharem nova… claro que nao reclamei… mas tive que pegar a fila… ahahhahaahha

Menina, meu frances tava feio… era so Merci, Bonjour e olha la


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: