jump to navigation

Confirmação que vem de dentro outubro 26, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes.
trackback

Hoje tive mais um desses episódios que me fez pensar: Por que precisamos sempre de uma confirmação externa das nossas próprias qualidades? Por que as pessoas são em geral tão inseguras?

Semana passada mandei o primeiro “rascunho” do meu paper pro meu orientador. Fiz questão de chamar de rascunho pois não estava achando ainda tão bom. Hoje tive uma reunião com ele pra falar do paper e fui esperando encontrar um papel cheio de marcas vermelhas. Esperava que ele fosse me mandar mudar mil coisas, cortar parágrafos inteiros, adicionar coisas que eu nem tinha sonhado, etc. Pra minha surpresa ele praticamente não mudou quase nada do que escrevi. Só umas palavaras aqui e ali. Fiquei até insegura pois eu no fundo fui achando que não estava bom o suficiente e esperava que ele fosse faze-lo “ficar bom”. Ele só me deu dicas em como escrever a parte de discussão e projetos futuros que eu ainda não tinha feito. Ele percebeu que fiquei com receio quando vi que ele fez tão poucas mudanças e me disse “Você já está estudando isso há 2 anos, sabe do que está falando. A estrutura tá boa, tudo bem explicado e claro.” E minha mente desconfiada ficava pensando “Será que ele ta falando sério?”

Aí eu fiquei me perguntando: Por que será que eu sempre duvido da minha própria capacidade? Sempre foi assim. Na verdade, já foi muito pior. Me achava o cocô do cavalo do bandido, mas a sequencia de conquistas foi me mostrando meu valor. E eu fico me perguntando por que eu preciso de fatores externos pra me mostrar o meu valor. Por que já não posso saber que: Sim, sou capaz, tenho potencial. Aquela frase do filme Waking Life ficou mais uma vez ecoando na minha cabeça “What keeps humans from reaching anywhere near their real potential?” Preguiça não é o meu caso. Será que tenho medo? Não sei… no momento é a dúvida da minha própria capacidade. Estranho… pois no fundo eu sei que cada um tem a capacidade para ser e fazer aquilo que quiser. Basta fazer. Mas como é difícil se convencer disso!

Depois da reunião fui na Barnes & Noble e resolvi dar uma olhada na sessão de cartões de frases (que eu tenho vários espalhados pela casa). O primeiro cartão que peguei, sem nem olhar, dizia “Never quit believing in yourself!“. Foi quase uma cena celestial ali naquele momento. Não preciso nem dizer que comprei o cartão na hora e ele tá aqui agora em pé do lado do meu computador. E aqui vai ficar até eu conseguir tudo que eu quero.

Fiquei pensando… se eu mesma não acreditar em mim, quem vai?

Anúncios

Comentários»

1. VP - outubro 27, 2007

Sabe qual minha teoria?
A gente não acredita em si mesmo porque a gente olha tudo o que a gente faz em perspectiva. O problema é que a gente é levado a acreditar que tudo o que está fora, o que foi feito ou realizado é sempe melhor e que a gente não va conseguir nada semelhante.

Eu sou exatamente assim. Hoje, com quase 40, é que eu consigo perceber que muito do que é tido por aí como “excelente”, não passa de embuste. E que pouca coisa é realmente excelente. Mas, who really cares? quem é cara de pau se dá bem. Quem vive enfiado nessa auto-crítica severísima, custa a decolar.

Graças a Deus não parece ser seu caso.

2. marilia - outubro 27, 2007

Eu acredito sempre em voce , independente de voce acreditar ou não

3. Roberta - outubro 28, 2007

O VP está certíssimo! Aqui as pessoas fazem o mínimo e enfeitam estupidamente ao quadruplo. E todo mundo diz:Oh!!!

I believe in Melissa Quintanilha!!!

btw…Esse blog tah cute. =)

Bjux

4. Fábio - outubro 28, 2007

eu acredito em você Mel! 😀
e isso faz parte, eu já sofri muuuito com isso também, me auto-sabotando com dúvidas e medos, achando que os outros eram melhores, etc…
bem ou mal faz parte do nosso processo de evolução. e vale lembrar que os louros do nosso trabalho nós começamos a colher depois dos 30, e falta muuuuuito pra chegar lá né?? hehehehehe

beijos

5. re - outubro 28, 2007

Mel,

Quem acredita sempre alcança e sei que vc acredita em vc pois, caso contrário, não faria tudo que vc faz !!!!!
Parece redundância, mas não é…rsrsrsrrs
É normal nos sentirmos inseguras no meio desse mundo cheio de informações. Na verdade sempre sabemos que somos capazes de chegar ao topo e concretizar algo que almejamos. Acontece que no meio do caminho rola uma certa………. ANSIEDADE.

Eu defino isso que vc está sentindo como ansiedade. Minha sugestão é continuar em frente, sem perder o foco…..vc está no caminho certo!

Mt prudência nessa hora! rsrsrsrs
Vc irá longe pequena grande girl.

Não preciso repetir que sou sua fã né! hehehehe
Bjs lindona…….fica com Deus
lov u


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: