jump to navigation

Obama é carioca janeiro 28, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in comida, diversao & arte.
add a comment

Tinha que ser no Brasil 🙂
Assitam ao vídeo:
http://www.pbs.org/frontlineworld/stories/brazil801/video/video_index.html

Anúncios

6 coisas aleatórias sobre mim janeiro 27, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in comida, diversao & arte.
4 comments

A Helô do blog Básico e Necessário me passou a bola de escrever aqui no blog 6 coisas aleatórias sobre mim, e repassar para outros 6 blogueiros. Esse selinho que ta aí tem que ser copiado e colado no blog de quem esta participando.

  • Sou super metódica. Se eu começo a ler um livro, tenho que ler do início ao fim e ainda fazer anotações das partes mais importanes.
  • Estou constantemente ouvindo música. Atualmente estou num momento bem trip-hop, downtempo e chillout.
  • Amo meu trabalho e agradeço diariamente a oportunidade. Aproveito qualquer oportunidade pra aprender e evoluir. Faço meu trabalho bem feito pois faço com amor. Não tem que ser de outra forma.
  • Adoro pedalar e estou numa região linda e muito propícia pra isso. Tenho a sorte de ainda poder ir trabalhar de bike. Um luxo.
  • Estou muito feliz com meu Honda Fit e meu gatinho Simba. Começando 2009 com o pé direito.
  • Pra mim o copo está sempre metade cheio!

Agora, passando a bola para:
Claudia
Lu
Mozinha
Paulinha
Lu Francesa
Flavia C

Passo a bola também aos meus queridos leitores para escreverem coisas aleatórias sobre vocês aqui nos comentários. 🙂

Conhecam Simba janeiro 19, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in Simba.
8 comments

Esse mes de Janeiro esta bombando. Realizei 2 dos meus maiores sonhos: ter um carro e um gato!

Eu estava procurando o gato desde semana passada indo em varios abrigos por aqui. Neste sabado encontrei o Simba, num abrigo pequeno em Bellevue. Ele tem 5 anos e foi encontrado na rua, perdido. Agora eu o adotei e ele esta aqui em casa comigo.

Eu nunca vi um gato tao carinhoso. No abrigo ele estava mais assustado, mas logo no sabado ele ja estava meu melhor amigo. Ele fica sempre do meu lado, vem pedir carinho, come tudo que dou, faz coco na caixinha e arranha as unhas na pilastrinha que eu comprei. Um verdadeiro gentleman!

2009 comecou bem. Agora tenho um companheiro em casa e um carrinho pra me levar onde eu quiser.

Sonhos realizáveis janeiro 15, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes.
11 comments

Durante grande parte da minha vida eu pensei como a maioria da nossa sociedade pensa: que sonhos são chamados sonhos pois residem na imaginação fértil de cada um. E por lá parmenecem, sem nunca ver a luz da vida.

E isso é culpa de quem?
Culpa dos sonhos que são inatingíveis?
Ou culpa dos criadores dos sonhos que não fazem o que é preciso para alcança-los?

Eu tinha uma vida bem normalzinha no Rio. E um sonho aparentemente inatingível. Até que tudo virou de cabeça pra baixo. E eu pude começar a olhar pra dentro de mim.

Eu sonhava em fazer um mestrado em design em uma universidade americana.
Eu sonhava em viajar o mundo para apresentar meus trabalhos.
Eu sonhava em conseguir um mega emprego.
Eu sonhava com um carro zero.

E tá tudo realizado, bem antes dos meus 30.

Se você olhar pra uma menina insegura morando no Rio e a lista de sonhos acima, parece bem impossível. Eu também achava assim. Não sabia nem por onde começar e por muito tempo meus planos eram de deixar os sonhos guardados na minha imaginação. Só pra poder dizer nos jantares de Natal que eu sonho em fazer um mestrado no exterior, viajar o mundo, trabalhar numa mega empresa e comprar um carro zero.

Mas vejam só como tudo se realizou. E eu não sou nenhuma pessoa excepcional. Sou normal assim como tanta gente. Eu só tenho uma força de vontade tremenda, que se intensificou depois que vim morar fora. Algo sobre estar sozinha, deixando de lado minha cidade maravilhosa, amigos e família, me deu essa força interior. Que todo mundo tem, tenho certeza.

Ah sim, eu também sonhava em namorar um Italiano.
Impossível? Aparentemente não.

Agora eu sonho em passar o resto da minha vida ao lado desse Italiano. Atualmente parece algo bem impossível, visto que eu moro no país mais difícil de se imigrar. Mas diante dos fatos observados na minha vida, eu não tenho a menor dúvida de que esse sonho também se realizará.

Eu sou uma sonhadora. E adoro colocar os sonhos em prática. Cada sonho é um projeto, ao meu ver. Você começa, pesquisa, estabelece metas, ações, prazo e equipe. Sim, a equipe é muito importante. Pois não se faz nada sozinho nessa vida.

O meu próximo sonho realizável é de ter um gatinho.
E o projeto já foi iniciado! 😀

Meu presente de 30 anos janeiro 13, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes.
6 comments


Chegou o tão esperado dia em que eu comprei meu primeiro carro! Honda Fit zerinho, do jeito que eu queria. Ainda não parece verdade que esse carro é meu. Parece que é alugado e qq dia desses eu vou ter que devolver. Agora sim eu não dependo mais de ninguém pra nada. Tava cansada de pedir favores e não poder ir em lugar nenhum. Essa foi minha primeira resolução de 2009, já realizada!

Saí da concessionária já dirigindo e adivinhem? Chorei. Sim, sou uma manteiga derretida. E esse foi o primeiro choro de alegria do ano.

Tá aqui na garagem meu Fitinho. Mas eu vou continuar indo pro trabalho de bicicleta ou ônibus. Vou de carro só se precisar fazer algo depois. Se não, prefiro evitar. Não é divertido ir de carro pro trabalho. Muito trânsito. De bike me da mais satisfação, economiza o carro, economiza gasolina e gasta calorias. Beleza! 🙂

Finalmente, de mala e cuia janeiro 9, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes, viagens.
2 comments

Chegou ao fim a novela da mala atrasada.
E o troféu abacaxi vai pra Delta pelo pior serviço ao consumidor. Ou seria: total falta de atenção ao consumidor? Eu sempre disse que uma das grandes vantagens dos EUA é o atendimento ao consumidor, mas dessa vez passou longe. Deixaram um recado na minha secretária ontem dizendo que a mala tinha chegado no aeroporto de Seattle. Ok… E isso quer dizer o que? Que tenho que ir buscar? Depois de muito tentar, consegui ligar pro tal 1800 das malas perdidas. Depois de 20 minutos de espera, a atendente me diz que eu preciso ir ao aeroporto de Seattle retirar minha mala. Ah, ok, entendi. Vocês perdem minha mala, e depois de 3 dias me ligam dizendo que EU tenho que ir retirar? Moça, eu não tenho carro e não tenho amigos pra pedir carona. Como eu faço então? Senhora, — como eu odeio ser chamada de Senhora — a mala não será entregue e deve ser retirada no aeroporto.

Agora vejam a minha situação: sensível em estar voltando aos Estados Unidos. E ainda por cima, prestes a ficar menstruada pois a maledetta pilula tinha ficado na mala e desregulou todo o meu ciclo. E o que uma mulher, sozinha, com os hormônio desregulados faz numa hora dessa? Deita e chora. Chora, chora, chora até soluçar. Até que meu pai me fala: Você parece sua mãe na menopausa.  Eu contei pro Davide no MSN e a resposta foi: HAAHAHAHAHAHAHAH. Hmmm, o que será que isso quer dizer?

Bom, hoje eu já acordei toda feliz, pensando que não vou deixar que acontecimentos mundanos desestabilizem o meu equilíbrio interior. Acordei filósofa. Aí, vou trabalhar, super animada, naquele esquema eu-quero-mudar-o-mundo de ser. Vou para a minha primeira reunião do dia e quando volto vejo a seguinte mensagem de voz no meu celular:

Ms. Quintanilha (com a pronuncia mais sem noção que você possa imaginar), sua mala continua aqui no aeroporto de Seattle. Se a SENHORA não vier buscar em até 5 dias, a mala será enviada para o nosso depósito em Atlanta.

HAHAHAHHAHAHAHAH.
Agora você está me acusando de ser negligente em relação aos meus personal belongings.

Ai ai, só rindo mesmo.
O jeito foi pedir um favor à minha amiga Lynn de (please, please, please) me levar no aeroporto pois era a única forma de reaver a minha mala. E ela, que é um amor, me pegou no trabalho e me levou lá. 1h15 de carro, no maior trânsito.

Agora o máximo que posso fazer é escrever uma carta, imprimir e enviar pra Delta. Pedindo algum tipo de compensação pelo ocorrido. Vamos ver se dá em algo.

Feliz 2009! janeiro 8, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
2 comments

Comecei bem o ano de 2009: na Italia e ao lado do homem que eu amo. A viagem foi linda. Finalmente conheci a família: pai, mãe, irmão, esposa do irmão, cachorro e gatos. A mamma é uma fofa, super simpática e sorridente. O pai a princípio é mais tímido — já tinha me avisado o Davide. No final ele já estava fazendo piadas, rindo e me oferecendo bebidas. O Davide é a cara do pai. Então eu pude ter uma prévia de como ele ficará daqui a 30 anos. Um gatão de meia idade. Achei o pai dele lindão.

Passamos 6 dias em Napoli, no sul da Itália. Lá é onde a pizza foi inventada. E nós fomos na melhor pizzaria de Napoli. Esperamos 1 hora por uma mesa. E lá só tinham 2 opções de pizza: margheritta ou carbonara. Valeu a pena. E a salada Caprese foi inventada em Capri, onde também fomos. Uma ilha linda. Também passamos um dia em Pompeii, a cidade que foi coberta pelas cinzas do Vesuvio, durante uma erupção, matando todo mundo. Depois de anos e anos, foi redescoberta por arqueólogos. Realmente impressionante!

E a volta pros EUA nunca é muito fácil pra mim. Pois EUA está sempre atrelado a solidão. Agora eu e Davide vamos passar 7 meses sem se ver. Dá pra acreditar? Sempre que ouço histórias de relacionamentos à distância eu pergunto: Mas vocês tem um oceano entre vocês? E 9 horas de fuso? E ficam 7 meses sem se ver? Pois é… hard core. Mas o que são alguns anos de espera, perto de uma vida inteira? Existe sempre uma visão otimista da vida.

Agora é hora de não pensar muito nisso e voltar a me focar na minha vida por aqui. É um exercício mental diário, como sempre. E vamo que vamo…

Feliz 2009!!!