jump to navigation

Exemplo fevereiro 23, 2009

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
1 comment so far

Uma coisa que eu gosto de fazer periodicamente e’ colocar o meu nome no Google e ver o que esta aparecendo por ai. Hoje resolvi colocar meu nome no Live Search e descobri algo novo. Meu projeto BuddyWall aparece como exemplo no novo documento de aplicacao para o mestrado em design da Ohio State. Que legal! Vejam no link abaixo. Aparece uma fotinho minha na pagina 2 e meu projeto na pagina 3. http://design.osu.edu/assets/pdf/GR11.08a.pdf

Eu lembro bem de quando estava me preparando pra aplicar pro mestrado na Ohio State. Imprimi este mesmo documento (versao anterior), fiz anotacoes e estudei linha por linha. Agora la’ estou eu. 😀

Férias finalmente! julho 4, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado, profissao.
3 comments

Dia 30 foi meu último dia no trabalho e eu pude finalmente respirar aliviada. Acabou de vez o mestrado depois de 3 anos na Ohio State. Foram 3 anos de trabalho constante e muito puxado e agora eu quero um tempo sem nada pra fazer até mergulhar na próxima fase da vida. Já perguntei ao pessoal da Microsoft se posso começar a trabalhar dia 1o de setembro e eles falaram que tudo bem. Então terei os meses de Julho e Agosto livres até lá. Provavelmente o mês de Julho passarei em Columbus e o mês de Agosto em Seattle. Assim espero.

Minha autorização de trabalho ainda não chegou. Dia 6 faz um mês que mandei e dizem que leva de 1 a 2 meses pra chegar. Assim que chegar eu vou poder agilizar a mudança pra Washington. Até lá só me resta esperar. Pacientemente. E em Columbus… Então tô aproveitando pra rever pessoas, passear, conhecer lugares novos. E também ler, descansar… Quero sossego agora. Preciso de sossego. Pois quero começar na Microsoft com a corda toda e cavar meu caminho lá.

Saindo do exílio junho 18, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes, mestrado.
1 comment so far

Esses últimos 3 anos foram anormais pra mim. Eu vivi em Columbus mas sempre dizia que vivia mesmo numa bolha pois não sobrava tempo pra quase nada além do mestrado. Minha vida era praticamente faculdade e casa. Chegava em casa e sempre tinha algo pra fazer. Foram muito raros os dias que cheguei em casa e pude relaxar. Quando se faz um mestrado, o trabalho nunca acaba. Não é como um emprego onde você trabalha de 9 as 6 e pode descansar o resto do tempo se quiser. Num mestrado a sua pesquisa, tese, projetos e aulas não acabam às 6 da tarde. Vão pra cama com você, às vezes aparecem nos sonhos (hello amebeats e buddywall!) e reaparecem no dia seguinte.

Foi pauleira meu mestrado. O primeiro ano foi um tanto desumano. Eu não tinha tempo pra mim e raramente pros amigos. Fim-de-semana era quando eu tinha tempo de adiantar meus projetos. Nas poucas vezes que saí, me decepcionei. Ia para esses bares e boates típicos de universidade americana e não me identificava com as pessoas ou com o tipo de diversão. Não me identifico com os americanos “padrão”. As meninas com cabelo loiro escorrido, voz de taquara rachada e que quanto bebem passam de santas a putas em 1 nanosegundo. Os meninos com camisa de futebol americano, boné, e quando bebem viram uns estúpidos que só querem saber de berrar e dançar trenzinho com as meninas. Ver isso no meu primeiro ano me deixou tão frustrada… e eu tava tão ocupada que acabei optando por mergulhar de cabeça no mestrado.

O 2o ano foi um pouco melhor e eu tive bons momentos com algumas poucas amigas brasileiras que fiz por aqui.

Deixei de conhecer melhor muita gente legal por falta de tempo. Sim, eu não me identifico com o americano “da média”, mas conheci muito americano legal. Só não tive tempo de aprofundar uma amizade. Acabei ficando mais com o grupo de amigos brasileiros. Estava sempre estudando e trabalhando e quando tinha um pouquinho de tempo, saía com eles ou simplesmente descansava pois ficava esgotada.

Agora que o mestrado acabou e eu estou indo pra uma nova cidade recomeçar do zero, fico com aquele medo de continuar meio isolada. Mas o que me isolou mesmo foi a quantidade excessiva de estudo e trabalho durante o mestrado. A falta de tempo que me perseguiu por 3 anos.

Em Seattle quero voltar a ter uma vida “normal”. Claro que vou me dedicar ao trabalho, vou continuar estudando e construindo meus projetos pessoais. Mas quero conhecer gente, conhecer lugares. Quero me sentir bem lá. Quero ter amigos com os quais eu tenha prazer de estar. Pra isso é preciso tempo, que faltou nos últimos anos.

Mudar dá sempre um medinho, mas eu tô pronta.

Vou aproveitar as últimas semanas em Columbus pra sair com os amigos que fiz aqui, me reencontrar com pessoas que gosto e nunca tive muito tempo, passear por aqui… Pois é capaz de eu não voltar mais.

Mais duas semanas… junho 16, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes, mestrado.
2 comments

… e c’est fini.

O mestrado acabou mas meu trabalho na Ohio State continua até o fim do mês. Tem sido tranquilo pois posso fazer meu horário contanto que trabalhe 20 horas por semana. Minha chefe continua exigente até dizer chega e eu vou fazer o que der nas próximas semanas tentando não levar nada pro lado pessoal.

Junto com o mestrado acabou também minha vontade de viver em Columbus. O mestrado foi um período de muita ralação e crescimento. Eu fiquei focada nisso 99% do meu tempo. De vida normal não tive muito (fora as viagens). Agora estou na contagem regressiva pra sair daqui, ir logo pra Seattle e recomeçar por lá.

Ando sem vontade de fazer nada, até com preguiça pro trabalho. Preciso de um tempo sem pensar em nada depois desse mestrado pra poder depois recomeçar… renovada. Queria mesmo sair dos EUA por um tempinho mas estou sem dinheiro pra viagens grandes. Mas a vinda do Davide em Agosto vai trazer um pouco da Europa pra cá e com isso transformação e paz pra minha mente.

Fotos da formatura junho 12, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
1 comment so far


Estao online as fotos da minha formatura que foi no domingo.

Agora trabalho ate o fim do mes na Ohio State e c’est fini!
Minha vida em Ohio esta com os dias contados! Uhuuuuuuuuuu.

Ja estou providenciando minha carteira de motorista e no meio de Julho vou pra Washington com meus pais. Como minha autorizacao de trabalho so vai sair la pra Agosto, vou ficar na costa oeste de meio de julho ate quase final de Agosto. Depois volto pra Columbus so pra fazer a mudanca.

Finalmente formada junho 9, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
3 comments

Domingo foi a cerimonia de formatura da Ohio State. Eu agora sou oficialmente mestre. Entrei no estadio de futebol da Ohio State de beca, peguei meu diploma e vi meu nominho la na lista de formandos. Tava um forno! 35 graus e eu na arquibancada de beca preta e chapeuzinho. Acho que nunca passei tanto calor na vida. Mas foi bonita a cerimonia e eu fiquei feliz de estar passando por esse momento sonhado a 3 anos. Lembro bem dos dias que eu olhava pro estadio e pensava que nao via a hora de estar la sentada no dia da minha formatura. Finalmente terminou! Agora sou Melissa Quintanilha, BS e MFA (Bachelor of Science e Master of Fine Arts). Proxima missao: conquistar o mundo! hehehe

Meus pais chegaram na 6a feira, a tempo de participar da formatura. Depois da cerimonia fomos jantar fora no Red Lobster. Me esbaldei com um prato de camarao e lagosta. Delicia!

E agora vou ter que passar um periodo “de molho” em Columbus pois a Microsoft so vai autorizar minha mudanca quando sair minha autorizacao de trabalho. A minha documentacao foi entregue na 6a passada e o processo leva de 2 a 3 meses. Ou seja, essa autorizacao so deve sair la pra Agosto e so’ ai que vou poder marcar a minha mudanca.

Eu queria tanto poder ir pra Washington com meus pais, explorar a regiao e ja ir procurando apartamentos e coisas pra fazer. Agora que me formei nao vejo mais nenhum proposito em permanecer em Columbus (alem do meu emprego que vai ate o fim do mes). Meus pais ainda estao vendo se vai ser viavel financeiramente ir comigo pra Washington. Como a Microsoft ainda nao autorizou minha mudanca, a viagem pra la seria toda por conta nossa. Entao, veremos…

“Congratulations Master Quintanilha” maio 23, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
6 comments

Acabou, galera!!! Agora sou oficialmente mestre em design! Foi uma caminhada muito dificil mas que me fez evoluir tanto. Me sinto muito mais consciente do que quero fazer e preparada pra exercer minha profissao. Com o sofrimento e dedicacao aprendi muita coisa e tambem perdi o medo de outras.

A defesa ontem foi tranquila. Meu orientador apareceu com uma camisa do Flamengo dizendo que tinha feito isso para que eu me sentisse mais a vontade. hehe. Ele ‘e um fofo… Apresentei minha pesquisa por 1 hora e depois foi a defesa propriamente dita, onde os professores me fazem perguntas por uns 30 minutos. Depois disso eu saio da sala e la dentro eles tomam a decisao se vao me aprovar ou nao. Fui esperar numa outra sala. Estava la distraida quando ouvi aquela voz imponente do meu orientador: “Congratulations Master Quintanilha”. Nossa, mas que impacto tem essa frase. Fiquei arrepiada, tive frio na espinha e nao sabia se ria ou chorava. Mas achei melhor sorrir pois estava todo o meu comite ali na minha frente me dando os parabens. Todos assinaram um documento e eu fui logo levar na graduate school pois ja estava no fim do prazo. Olhei pra universidade e pensei “Caraca, acabou!”. Me veio uma vontade de chorar de emocao. Foi muito sofrimento, gente. Muita dificuldade. Mas eu aprendi tanto, evolui tanto. E agora sou mestre, vejam so… Pronta pra comecar de verdade minha carreira.

É amanhã! maio 22, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
6 comments

Finalmente chegou o dia da defesa! E eu não vejo a hora de fazer minha apresentação e sair pela rua cantarolando. Já marquei um happy hour com os amigos e sei que amanhã a noite vou estar me sentindo vários quilos mais leve. Eu não tô nervosa nem nada. Só quero me livrar desse compromisso logo. Minha tese já tá pronta há tempos, a apresentação também. Então só falta a formalidade de apresentar e entregar o documento na graduate school. Um dos meus orientadores veio falar pra eu desenvolver mais umas 2 áreas da parte escrita. E ele é o que menos participou. Sinceramente? Eu espero que ele esqueça que pediu pra eu desenvolver mais. Pois os dois outros orientadores mais importantes já aprovaram tudo.

Eu tô CANSADA. Foram 3 anos de escravidão ao mestrado. 3 anos onde eu estava constantemente preocupada e ocupada com alguma coisa do mestrado. Tantas ralações, tantas horas de trabalho, tantos fins de semana em frente ao computador (praticamente todos). Me pergunta se AGORA eu quero desenvolver mais alguma coisa? Não, minha gente. Me deixem em paz. Quero terminar isso. Chega… Hoje fui falar com meu orientador e ele mais uma vez falou “Melissa, you are done”. Eu adoro ouvir isso dele. Pois ele é “o cara”. E o que ele fala, ta falado.

Esses dias eu não tenho me sentido eu mesma. É muita coisa na minha cabeça, mudança drástica pela frente. Reviravolta aos 45 do 2o tempo. A Nortel, que parecia certa, desapareceu. A Microsoft, que eu nem queria, me fez uma oferta. Ainda tem o contato com a Nokia que está devagar quase parando e hoje troquei e-mails com o diretor de design da Phillips. Pode ser que algo novo aconteça, mas a princípio irei pra Microsoft mesmo. Não vou começar trabalhando exatamente com o que eu quero, mas essa empresa é tão grande, e lá dentro vou procurar traçar meu caminho pra fazer aquilo que realmente amo.

Amanhã eu completo uma etapa e acho que vou começar a me tranquilizar. Sexta eu vou ligar pra Nortel pra ver o que está acontecendo. Enquanto isso a Microsoft tá checando meus documentos com a imigração e ainda tem essa ansiedade pois quando eu fui pra Siemens, os caras me botaram como “computer science” e eu caí na tal regra dos 2 anos, que diz que eu devo voltar pro Brasil por 2 anos antes de poder trabalhar nos EUA. Mas como foi um erro deles, eu espero que isso não me cause problemas.

Agora eu vou lavar minhas roupas pra ver se sinto que estou fazendo algo de útil. E vou repassar mais uma vez minha apresentação de amanhã. Não vejo a hora de chegar amanhã, às 5 horas da tarde…

Quase mestre maio 20, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
1 comment so far

Finalmente está chegando o dia! Defendo minha tese na 5a feira. Já está tudo praticamente pronto, só tem uns dois comentários de um professor que preciso esclarecer. Mas não falta fazer quase nada. A parte escrita tá pronta, a apresentação tá pronta. Por mim eu apresentava logo amanhã pra poder já correr pro abraço. Mas tudo bem… eu consigo esperar até quinta-feira.

Enquanto isso, tenho andado um pouquinho sem paciência pro trabalho. Acho que é pq quero me livrar logo da tese e depois ficar só com o trabalho. Tô conseguindo trabalhar direito, mas fico constantemente pensando que quero ir pra casa, hehe.

Essa semana me prometi que só vou me concentrar na tese. Deixar um pouco de lado a ansiedade com todo o resto. Depois da tese pronta eu tomo minha decisão final. Já joguei pro universo. Sei que uma luz vai surgir e tomarei a melhor decisão. Vamo q vamo!

I can feel it maio 15, 2008

Posted by Melissa Quintanilha in divagacoes, mestrado, profissao.
2 comments

Estou sentindo as boas vibrações no ar. Depois de tanto esforço, tudo tem dado tão certo, que não é possível que agora não vai dar. Nos próximos 10 dias tanta coisa vai acontecer na minha vida que tá difícil não ficar ansiosa. É a Microsoft que não manda a proposta. É a Nortel que não manda a proposta. É a Nokia que não marca uma nova entrevista… Sexta-feira tem o open house do ACCAD onde vou exibir o BuddyWall pela última vez. E em apenas uma semana serei mestre! Ay mamacita, tudo al misto tiempo ahora!

Eu tenho muita fé que o melhor pra minha vida vai acontecer. E eu me vejo voando longe de agora em diante. Depois de tanto sacrifício chegou a hora de colher os frutos. A primeira recompensa — o amor da minha vida — chega dia 24, logo após a defesa do mestrado. O que mais eu poderia pedir a Deus?