jump to navigation

Milhares de coisas! dezembro 26, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
2 comments

Minha vida no Brasil está bombando, o que não é novidade. Eu realmente faço os dias aqui no Brasil renderem ao máximo. Fico me preocupando com a logística pra poder fazer o máximo de coisas, ir ao máximo de lugares e ver o máximo de pessoas em um curto período de tempo. Nossa, não é fácil, viu? E sempre sobra algum amigo chateado pois não tive tempo pra ver. Ai ai… Mas a vida de quem mora fora é assim, infelizmente. Meus melhores amigos estão aqui, eu quero passar tempo com todos, mas tenho apenas 3 semanas.

Semana passada passei 4 dias com a Rô em Sampa. Voltei num ônibus noturno pra ganhar tempo. Cheguei em casa no sábado de manhã, dei uma dormidinha e já fui pro Recreio pois nossa 1a festa de natal já foi no dia 22. Fiquei na casa do meu tio de manhã até de noite e depois ainda emendei numa festa. Fui dormir às 9 da manhã. Passei o domingo descansando e à noite tive jantar de Natal da família do meu pai. Dia 24 fomos novamente passar o dia no Recreio com tios, primos, afilhados, etc. Hoje, dia 25, eu já aproveitei para vir logo pra Paraty visitar minha amiga Leiloca que agora tem um restaurante muito legal aqui chamado Casa do Fogo.

Amanhã à tarde eu já volto pro Rio pois à noite vou jantar com meus pais e alguns tios. 5a feira quero ver se finalmente consigo ir à praia. À noite tenho um chopp com um amigo e depois já viajo pra Itamonte, pro sitio do Christian, passar uns 4 dias pro Ano Novo.

Agora me digam: Da pra fazer mais coisas com só 24h no dia? Acho que não, né? Então, amigos que ficam de fora entedam que o tempo é curto, eu sou uma só, amo tantas pessoas e lugares mas o tempo é curtissimo.

Eu amo isso tudo. Me sinto completa aqui. Com toda a zona de conforto me dando a alimentação espiritual que tanto sinto falta no dia-a-dia na gringolandia.

Dia 6 de janeiro eu volto pro exílio. Enquanto isso vou aproveitando muito!!!

Anúncios

Mil coisas dezembro 16, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
5 comments

Gente, estou no Rio!!! Nossa, depois de 1 ano sem vir aqui. Tanto tempo! O mais engraçado é que em 10 minutos eu já estou totalmente adaptada: roupa de verão, celular ja com todos os contatos e funcionando, fazendo mil coisas sem parar. No dia que cheguei já fui ao ginecologista, fiz exame, dermatologista, farmacia, depilação e chopp com uma amiga. Só fui dormir lá pras 2 da manhã.

No mesmo dia que cheguei tive uma notícia muito triste. Morreu de ataque do coração o marido da Tê, minha empregada e 2a mãe que me criou desde que nasci. Os dois iam fazer 50 anos de casados em março e já estavam até pagando pela festa que iam fazer. Hoje então passei a tarde no velório e enterro. Ver a bichinha ali inconsolável ao lado do caixão foi de cortar o coração. Nossa, coitadinha da Tê. E como eu chorei lá com ela. A família toda lá e mais tanta gente. Ele ainda tinha pedido que tocassem Asa Branca no acordeon quando morresse. E o pedido foi atentido. Foi muito bonito e terminou com um clima mais alegre. Todos desejando a ele uma boa passagem. Sei que a Tê vai ser forte agora.

Ainda não consegui ir à praia. Amanhã tenho um almoço mas vou tentar dar um mergulho no final de tarde. À noite quero ficar em casa pois 2a de manhã faço minha apresentação na UFRJ. Sei que vai dar tudo certo mas está dando um frio na barriga. Por isso que quero ficar em casa tranquila no domingo à noite. Aí 2a na parte da tarde eu já corro pro abraço. Ou melhor, pra dermatologista antes pois ainda tenho uma limpeza pra fazer. Depois pra analista. E ainda não deu tempo de fazer pé e mão, hehe. Nossa, eu chego aqui no maior esquema check-up geral! Mas é bom que me livro logo de tudo para depois só curtir. 3a de manhã vou pra São Paulo passar 4 dias com a minha amiga Rô. Vai ser maravilhoso!!! As férias de verdade começam aí! 😀

Da série “Never quit” ;) dezembro 13, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in textos.
1 comment so far

Um texto simples e eficaz para nos fazer refletir nesse final de ano.

The young man walked up to his high school gym. A paper tacked to the wall listed the players who had made the varsity team. Fifteen-year-old Michael Jordan looked up and down the list. He could not find his name. Michael Jordan has not made the team.
Michael Jordan is considered by most experts to be the best basketball player ever. But he had to believe in himself to get there. By the time many basketball players reach the tenth grade, they are receiving hundreds of letters from college coaches seeking to recruit them into their programs. Michael Jordan didn’t receive a single letter, because he didn’t make the team.
Michael Jordan didn’t give up. He believed in himself and in his ability, and he practiced and practiced. The next year he made the team. And he became its star.

Rejection spells failure only if you do not believe in yourself. For those who believe, it is only a challenge.

Gente coisa é outra fina dezembro 13, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in profissao.
add a comment

Eu tô gostando muito desse meu novo emprego. O projeto é super complexo, interessante e diferente, estamos trabalhando com um dos coreógrafos mais inovadores e a equipe é muito boa e profissional. Minha chefe é uma pessoa ultra inteligente, bem séria e profissional. Acho que com ela não dá pra dar mole não. Mas ela, diferente do meu ex-chefe, tem um coração. Ela reconhece o trabalho e tem noção de quando deve abrir mão de algumas coisas. Hoje no final do expediente ela veio se despedir de mim, agradecer pelo trabalho e me desejar boa viagem. Aí eu disse que amanhã durante a manhã poderia estar no trabalho já que meu vôo é só a tarde. Ela me disse que não precisava vir amanhã, que já trabalhei o suficiente e preciso do tempo pra me organizar pra viagem. Uhu!!! Me ganhou! Ou seja, estou de férias!!! Ainda tenho a apresentação na UFRJ 2a que vem mas me sinto praticamente de férias. Agora chegou a hora de arrumar as malas pq amanhã é dia de partir!

“Se cair 7 vezes, levante-se 8.” dezembro 10, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
3 comments

Essa frase do Paulo Coelho é ótima. Nos diz que não devemos deixar que pequenas derrotas do dia-a-dia nos tirem do caminho dos nossos objetivos. Afinal, o mundo pertence à quem se atreve. E já diziam todas as vovós do mundo: “Quem não arrisca, não petisca.”

Bom, isso tudo é para dizer que o artigo que enviei pra conferência de Portugal não foi aceito. Não fiquei triste. Aliás, fiquei feliz, pois recebi ótimos feedbacks que vão fazer com que eu melhore o artigo e minha pesquisa de forma geral. Eu concordo com todos os comentários que recebi dos revisores e algumas coisas já estava mesmo trabalhando para melhorar, mesmo antes de ler os feedbacks.

Agora eu tô preparando o paper pra maior conferência de Interação Homem-Computador. Se chama CHI (de Computer-Human Interaction) e ano que vem será em Florença, na Itália. Essa eu realmente gostaria de ir mas confesso que tenho muitas dúvidas se meu paper será aceito ou não. Agora está bem melhor do que o que eu enviei pra Portugal mas ainda falta muito desenvolvimento na parte técnica. Ainda não tenho nenhum protótipo funcional, nenhum resultado para analisar. E isso, por si só, já pode facilmente eliminar um artigo.

Mas enfim… prefiro já entrar agora nesse processo de submissão de artigos do que esperar até eu ter toda minha pesquisa pronta. Assim vou aprendendo e isso vai me impulsionando. Além da CHI eu tenho mais 4 conferências com prazos em Janeiro.

Tenho mais 6 meses até minha formatura e vou continuar mandando artigos até lá. Não deixo nada abalar minha motivação. Uhu!

Uma semana! dezembro 6, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in viagens.
2 comments

ipanema4.jpg
Uau, uma semana!
Ontem eu tava pensando que a última vez que fiquei 1 ano longe do Brasil foi quando estava morando em New Jersey. E esse ano novamente. No meu primeiro ano em Ohio eu vim pra cá em Agosto e em Dezembro já estava no Rio novamente. No ano seguinte passei 1 semana no Rio em março e depois em Dezembro fui de novo. Dessa vez passei o ano todo longe. E acho que nem tô percebendo que 6a que vem estarei com os pés no Rio de Janeiro. Ainda não consegui parar pra pensar muito pois, como todos sabem, estou cheia de trabalhos pra terminar. Ainda bem que tô podendo trabalhar de casa a maior parte do tempo. Ontem nevou e não pus o pé na rua. Hoje tá sol, -9 graus (isso, menos nove) e adivinhem? Não sairei de casa mais uma vez. Hoje quero adiantar mais um bocado os meus trabalhos. Tô chegando lá!

Eu não tô pensando em férias ainda dada a quantidade de coisa que tenho que terminar. Mas nos momentos que penso fico tão feliz. Tenho tantos amigos que quero rever e sinto tanta saudade. Fora o Rio de Janeiro em si que tem uma energia que eu sinto falta. As ruas de ipanema, a praia, aquela bagunça do centro da cidade, os barzinhos lotados de gente, a constante interação entre as pessoas. Nossa, aqui tá esfriando e o Rio tá bombando em pleno verão! Vai ser muito legal também passar 4 dias com minha amigona Rô em sampa. Praticamente não conheço nada de sampa pois na época do curso abril só conheci o caminho de casa pro trabalho. Então vai ser como se estivesse indo à SP pela primeira vez! eeeeee! 😀

8 ou 80 dezembro 5, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in comida, diversao & arte.
add a comment

Duas versões muito diferentes da mesma música. “Blue Monday” by New Order e Nouvelle Vague. Vivaaaaaa!!!

O mundo pertence a quem se atreve… dezembro 5, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in textos.
1 comment so far

Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.

Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, “quebrei a cara” muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só pra escutar uma voz, me apaixonei só por um sorriso, já pensei que fosse morrer de saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)! Mas vivi! E ainda vivo! Não passo pela vida… e você também não deveria passar! Viva! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é MUITO para ser insignificante.

Charlie Chaplin

Vivaaaaaaaaaa!
😀

Io parlo italiano molto bene! dezembro 3, 2007

Posted by Melissa Quintanilha in mestrado.
4 comments

Hoje terminou meu curso de Italiano 101. Fiquei impressionada com o quanto aprendi em somente 2 meses e meio. Agora eu praticamente consigo entender tudo e consigo me expressar em fala e escrita. Foi bom eu ter feito o primeiro nível pois como não sabia nada pude aprender o básico. E como eu tirei 10 em tudo minha professora falou para eu fazer um teste de nivelamento pra ver se consigo pular de turma. Ontem passei o dia estudando o conteúdo do nível 2. Hoje fiz minha prova final do 101 e o teste de nivelamento. Passei pro 103! Uhuuu! O 102 eu vou continuar estudando por conta própria e começo o 103 em janeiro. Vai ser bom pois assim consigo fazer a série de cursos básicos que vai do 101 ao 104. Além de mestre, ainda vou sair daqui parlando italiano fluentemente! eeeeeeeee